CONHEÇA MAIS NOS MENUS ACIMA

SIGA TAMBÉM NO FACEBOOK

Desenvolvendo Competências - CHA

______________________________________________


O processo de Coaching, de forma estruturada, objetiva apoiar as pessoas a identificar e atingir estados futuros desejados, acessando e desenvolvendo seus recursos internos ou suas competências pessoais para alcançar os resultados pretendidos.

Para entendermos melhor de que forma podemos trabalhar e potencializar as competências, utilizaremos um conceito básico e usual de Competência: o CHA, estabelecido por Durand (1998), que baseia a competência em três dimensões interdependentes – conhecimentos, habilidades e atitudes.


Dessa forma, para dizer que uma pessoa possui uma determinada competência, é necessário que ela possua conhecimentos sobre aquele determinado tema, porém apenas isso não é suficiente. Ela precisa saber aplicar esses conhecimentos em situações reais, ou seja, não apenas saber como fazer mas também conseguir efetivamente fazê-lo. Ainda mais, para que o competente consiga entregar um bom resultado, há que tomar iniciativas e ir além do que for pré-determinado por outros, agindo com conhecimento de causa, confiança e consistência.




E conforme os estudos vão evoluindo, as competências humanas vão sendo mapeadas em diversos tipos como competências essenciais, competências técnicas, competências relacionais, competências emocionais, competências de suporte, competências de gestão e tantas outras que vão sendo conceituadas!

E, ainda, os mais recentes estudos efetuados com pessoas que conseguiram sucesso diferenciado em diversas áreas da vida, ou seja, uma Alta Performance, identificaram que o grau em que a pessoa consegue mostrar ou desempenhar as suas competências é determinado em:

·      15% pelo seu Conhecimento;
·      25% pelas suas Habilidades;
·      60% pelas suas Atitudes.


O importante aqui é saber que, de forma análoga à que se utiliza para mapear e avaliar o domínio das competências nas organizações e no ambiente de trabalho, também podemos utilizar esses conceitos básicos no processo de Desenvolvimento Pessoal, onde as competências desejadas serão mapeadas pela própria pessoa e a metodologia do processo, bem como diversas ferramentas disponíveis, serão aplicadas no sentido de avaliar o nível de entrega dessas competências, melhorá-lo quando necessário e até mesmo para identificar e desenvolver novas competências. A intenção será sempre de apoiar as pessoas a conhecerem mais e a melhor utilizar seus potenciais!