CONHEÇA MAIS NOS MENUS ACIMA

SIGA TAMBÉM NO FACEBOOK

Origem do Coaching



O primeiro grande Coach conhecido em todo o mundo foi o filósofo grego Sócrates 470 A.C. ao criar o Modelo Socrático chamado Maiêutica, que consiste em fazer perguntas para provocar reflexões profundas e gerar ações mais efetivas. O conhecimento já está dentro de cada um e as perguntas fazem o “parto” das ideias.
No século XX, década de 1970, o Coaching foi introduzido nos esportes americanos por Timothy Gallwey que se baseando nas suas experiências como jogador de tênis e, posteriormente, como treinador, identificou que todos podemos ter uma melhor performance se contarmos com auxílio profissional externo que mostre como podemos chegar ao resultado almejado. Livro: O jogo interior de tênis – W.Timothy Gallwey.
O sucesso do Coaching nos esportes foi percebido pelas organizações e daí surgiu o Coaching Executivo, objetivando desenvolver as competências e melhorar a performance dos profissionais no ambiente de trabalho. A efetividade do Coaching também foi adotada para aumentar a performance das pessoas na sua auto realização e denominado Life Coaching ou Coaching de Vida.
Dessas modalidades básicas derivaram, nos últimos quarenta anos, diversas especialidades ou Coaching focado em áreas ou objetivos específicos como o Coaching para carreira, negócios, relacionamentos, saúde e bem estar, emagrecimento, metas financeiras, para jovens, para mulheres e tantos outros.  
______________________________________________
O Personal Coaching
No Coaching Pessoal o Coach trabalha com o cliente em sessões individuais, em encontros semanais, quinzenais ou mensais. Em média são realizadas de 10 a 12 sessões por processo, que pode durar de 3 a 6 meses.
A cada encontro são definidas metas a serem alcançadas, são identificados pontos de melhoria e combinadas tarefas a serem cumpridas.
Como o processo é baseado na relação de confiança entre as partes, todas as informações trocadas durante as sessões são mantidas em absoluto sigilo.